Biblioteca da Faculdade CDL

Biblioteca da Faculdade CDL

O Blog da Biblioteca da Faculdade CDL é um espaço destinado à comunicação da Biblioteca com os alunos e professores, onde é possível fazer postagens e comentários relativos a assuntos que envolvam, de alguma forma, a Biblioteca e o ambiente acadêmico em geral. O objetivo do blog é informar, registrar momentos e incentivar o gosto pela leitura e pela escrita.

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Trajetórias: Conheça histórias de sucesso dos concludentes de Gestão Comercial na Faculdade CDL

Trajetórias: Conheça histórias de sucesso dos concludentes de Gestão Comercial na Faculdade CDL. Você vai conferir as histórias de Cleuton Lemos, Leia Farias e Marcelo Santos. Todos escolheram a Faculdade CDL para formação acadêmica e acreditam que a instituição é ideal para a formação de empreendedores de sucesso.

Foto: Dimitry Lima

Apesar de qualquer desafio, Cleuton Lemos, nunca pensou em desistir dos objetivos

Cleuton Lemos, concludente de Gestão Comercial, nasceu no dia 29/03/1973 em Pacoti, no Ceará, e sempre sentiu necessidade de uma capacitação profissional e acadêmica. “Como atuo no varejo há muito tempo, o perfil da Faculdade CDL foi o que achei melhor, pesquisei várias instituições, além de professores qualificados, vi que são profissionais renomados. Fiz o vestibular e ingressei e as expectativas foram superadas. Estou muito satisfeito e já pretendo iniciar logo mais a Pós-graduação”, disse.




Cleuton trabalha no ramo de livros e atua diretamente com varejo e atacado. “Trabalho com instituições de ensino, atendendo Bibliotecas, participando de licitações, na parte administrativa, de compras etc.”, comentou. O concludente de Gestão Comercial destaca que apesar de qualquer desafio, nunca pensou em desistir, pois ingressar no ensino superior era algo planejado. “Minha maior dificuldade foi em relação ao 1º semestre, pois foi o retorno depois de 20 anos sem estudar, senti um pouco de dificuldade, mas durante o último semestre conseguimos pegar um ritmo bom. Confesso que a cada semestre fomos conhecendo vários professores que de certa forma nos motivava muito em sala de aula”, pontuou.

Foto: Dimitry Lima

Ainda segundo Cleuton, a avaliação em relação a Faculdade CDL é excelente, pois nunca encontrou dificuldade, seja na Coordenação, Secretaria, Biblioteca ou em qualquer outro departamento. Ele aproveita a oportunidade para destacar algumas vivências em sala de aula, que são fundamentais para um Gestor Comercial. “No 1º semestre achei muito importante a disciplina de Português com a professora Sany, Direito, Economia, Estatística, Matemática Financeira, Gestão de Processos, Planejamento Estratégico. São matérias de grande relevância para o profissional de Gestão Comercial. Pretendo trabalhar para mim mesmo e ser Gerente é uma das opções para continuação profissional”, revelou. Para o acadêmico, o curso de Gestão Comercial é ideal para quem pretende atuar na gestão do varejo, o nível da instituição é muito bom e por isso, recomenda a Faculdade CDL. “Não conheço nenhuma instituição que tenha profissionais com essa união perfeita, ou seja, professores capacitados, que vivem uma vida acadêmica e profissional”, justificou.


Manter o ritmo, superar desafios e muita determinação, foram fatores fundamentais encontrados pela concludente Leia Farias


Foto: Dimitry Lima


A grande inspiração da concludente Leia Farias para cursar Gestão Comercial foi porque trabalha na área comercial e sentia uma forte necessidade de maior qualificação. “Pesquisei muito em sites e achei que a Faculdade CDL é o local ideal para a formação de profissionais qualificados. Então foi um conjunto: o valor, localização, na verdade agregou tudo. As disciplinas que mais me chamaram atenção na Faculdade, foram aquelas ligadas ao Marketing. Me identifiquei muito, sou Assistente Comercial e esse é meu foco e objetivo. Estatística foi uma das disciplinas que mais sentia dificuldade, mas consegui vencer”, mencionou.



Leia conta que tem uma vida muito “corrida” e foram 15 anos sem estudar, começava a estudar e parava, entre os desafios enfrentados foi uma gravidez não planejada, mas quando iniciou os estudos na Faculdade CDL, conseguiu manter o ritmo, superar os desafios e concluir a graduação. “Vim com determinação, foi muito cansativo, até costumava dormir nas aulas por causa do cansaço, mas peguei o ritmo”, revelou.


Foto: Dimitry Lima


Porque mais que a pessoa tenha o dom para uma determinada área de atuação, Leia conta que é fundamental a teoria ser estudada em sala de aula. Ela aproveita para falar que o grau de satisfação com a instituição é excelente, pois são profissionais qualificados e que realmente entendem do assunto. “É uma aula muito boa, que você aprende inclusive com colegas de sala que já atuam na área do varejo e conseguem colocar em pauta as vivências profissionais. Teve a disciplina de Planejamento Estratégico que tivemos em sala de aula, realizamos um trabalho prático e fui tão a fundo que consegui acertar todas as questões da prova”, justificou Leia, com muita alegria e satisfação.





Os planos de Leia para o futuro é logo mais iniciar a Pós-graduação, pois como sempre trabalhou na área Administrativa, se identificou muito e até sente-se mais valorizada pela empresa que trabalha e por toda a sua equipe. Ela comenta também que a Faculdade CDL é um local de excelentes oportunidades e faz o convite para futuros alunos da instituição, que com certeza, terão a mesma experiência vivenciada por ela.


Marcelo Santos acredita que é fundamental a dedicação do aluno para um maior desempenho acadêmico e profissional e, além disso, precisa ter muito foco

Foto: Dimitry Lima


O concludente de Gestão Comercial Marcelo Santos tem 41 anos e é natural do Rio Grande do Sul. Escolheu o curso de Gestão Comercial porque é microempresário, proprietário da Martelo de Ouro (Centro automotivo, especializado em funilaria, pintura automotiva, estética de carros, etc.), e viu que a graduação tem forte ligação com o que é vivenciado na sua rotina profissional.



“Escolhi a Faculdade CDL pois tem um excelente conceito em relação a educação e por ser focada na parte do varejo, isso influenciou muito em minha decisão de vir estudar aqui. As disciplinas trabalhadas aqui foram muito importantes para meu aperfeiçoamento profissional como Gestão Financeira com o professor Randal Mesquita, Marketing, Logística, Marketing Visual, para quem trabalha na gestão, essas disciplinas são fundamentais”, destacou Marcelo.

Foto: Dimitry Lima

Segundo Marcelo, para um bom Gestor é preciso visão de mercado, buscar qualificação profissional. “A parte de matemática sempre tive uma maior dificuldade, mas aqui na Faculdade CDL, estudei com o professor Randal e da forma que ele distribuía a matéria foi fundamental para meu desenvolvimento e o meu desempenho foi muito bom”, pontuou. O acadêmico acredita que é fundamental a dedicação do aluno para um maior desempenho acadêmico e profissional e, além disso, ter muito foco. Ele afirma que pretende começar em breve Pós-graduação na área ligada ao Marketing ou algo voltado para Comércio Exterior. Marcelo comenta também que se surpreendeu com toda trajetória positiva vivenciada na Faculdade CDL.


Opinião - Que venha o novo

Presidente da Confederação
Nacional de Dirigentes Lojistas



É de Capistrano Honório de Abreu, historiador e escritor, uma das frases que mais me conduzem vida afora. Dizia ele: “Para trás não existem horizontes”.

O meu “xará”, como eu menino nascido no sertão cearense – certamente enfrentou no século em que viveu – o XIX – dificuldades que se interpuseram entre ele e o legado que deixou para a história. Mas Capistrano, por toda a sua obra, evidenciou ser um homem que, em quaisquer condições, seguia adiante.

Seguir adiante não é deixar os dias seguirem o curso irrevogável do tempo em sua sequência funesta, como se o destino tudo determinasse e todas as ações estivessem nas mãos de um condutor que pode ou não ser eficiente. Seguir adiante é abandonar as lamúrias, é compreender que a vida é uma luta, é fazer os planos darem certo a partir de nossas posturas diante deles.

Seguir adiante é viver para construir o novo, é ser capaz de tornar crível o que a maioria considera incrível. Neste ano que brevemente se encerrará, a palavra crise acompanhou o brasileiro com tal alarde que a muitos paralisou. A crise existe, provavelmente será longa, mas muitas outras já vierem e se foram. Sobreviveram, meus amigos, os que seguiram adiante apesar delas. Assim como agora sobreviverão os que arregaçarem as mangas e se determinarem a acreditar em um novo momento, e acreditar significa fazer parte das ações que suplantarão os números negativos da economia.

Segundo o IBGE, o comércio varejista do País fechou o mês de outubro com crescimento de 0,6% no volume de vendas em relação a setembro. O resultado interrompe oito meses consecutivos de taxas negativas – período em que acumulou retração de 6,3%. É um sinal de que, em nosso setor, muita gente seguirá adiante.

Foi anunciado, ainda, que cinco dos oito segmentos do varejo avançaram. O maior aumento ocorreu no segmento de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios e bebidas, com 2%. Em seguida, veio tecidos, vestuários e calçados, com 1,9%, e artigos farmacêuticos, com 1,5%.

Os números são modestos, mas suficientes para que olhemos com mais otimismo para o Ano Novo. E que não apenas o ano seja novo, mas que novas sejam as nossas posturas, as ações dos que fazem o varejo nosso de cada dia.

Que venha o novo, meus amigos. O Ano Novo, as oportunidades novas e a nova vitória sobre a velha e recorrente crise que desde sempre assola nossos negócios e vez por outra volta a nos desafiar. Estaremos prontos e seguiremos adiante. Acreditem: 2015 nos ensinou a construir 2016. Se para trás não existem horizontes, podem ter certeza, existem ensinamentos.

Um Ano Novo de muita construção para todos nós.

Jornal O Povo – 23/12/2015
Honório Pinheiro
presidente@cndl.org.br
Presidente da Confederação
Nacional de Dirigentes Lojistas

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Professor publica tese de doutorado e doa exemplar para Biblioteca

Foto: Dimitry Lima


“O que me moveu a fazer essa pesquisa foi exatamente os constantes conflitos que temos quando ocorre operações, especialmente no Mercosul, operações de exportação e importação de produtos. Os tratados assinados e devido a forma jurídica que o Brasil adota para recepcionar esses tratados, nós fatalmente geramos conflitos”, foram com essas palavras que o professor doutor da Faculdade CDL, Osvaldo Rebouças, justificou os motivos que fizeram com que realizasse a pesquisa científica.


A tese de Doutorado foi realizada em Buenos Aires, na Universidade do Museu Social Argentino e de acordo com Osvaldo, foi encontrado uma variedade de materiais que ajudou no desenvolvimento da tese. "Foram em torno de 2 anos para que pudesse executar a pesquisa e conversar com especialistas da área. Por isso, foi um pouco dificultoso, especialmente pela forma como o poder judiciário tem encarado esse assunto”, justificou.


Osvaldo destacou que teve o apoio de vários especialistas, por isso, a tarefa foi menos complicada do que se esperaria que fosse. “O Doutorado é um passo a mais que o estudioso dar e depende da sua força de vontade. Porque na verdade, fazer um Doutorado não é que a pessoa vai ser a maior autoridade naquele assunto, mas mostra que tem capacidade de realizar pesquisa e concluir o assunto de forma metódica. Por isso, necessita de disciplina, disposição e vontade de alcançar o objetivo e sobretudo, analisar as vantagens que esse estudo vai trazer de benéfico para a sociedade”, pontuou.


O professor abordou também que foi realizada uma breve dedicatória para a Faculdade CDL e que apesar de a instituição não possuir o curso de Direito, existem algumas disciplinas voltadas para o tema, como Direito Tributário. “É importante que os estudantes tenham acesso a esse trabalho, por isso, fiz a doação de um exemplar para a Biblioteca da Faculdade CDL. Portanto, a comunidade acadêmica tem à disposição as possíveis soluções para os problemas abordados e eliminar um grande conflito que temos nas relações internacionais e também nas relações subjetivas, pela forma como o Brasil incorpora esses tratados”, concluiu.


Ana Luiza Chaves, Bibliotecária responsável pela Biblioteca da Faculdade CDL, recebeu um exemplar da pesquisa desenvolvida e agradeceu ao Doutor Osvaldo Rebouças pela iniciativa de executar a pesquisa e fazer a doação para a Biblioteca. Além disso, destacou que a partir de agora, o acervo físico da Biblioteca contará com mais um importantíssimo material que irá beneficiar toda comunidade acadêmica.

Saiba como elaborar um bom currículo


Vai procurar emprego em 2016? Então, veja as orientações essenciais para preparar um bom currículo. Saiba mais: http://goo.gl/bv79mh

Última dia do evento reúne programação variada


Shows, apresentações teatrais e cortejo devem atrair um público estimado em 30 mil pessoas. Saiba mais: http://goo.gl/YiMo5C

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Sumário da Revista Carta Capital


Confira abaixo o sumário da última edição da Revista Carta Capital (Dezembro 2015, ANO XXI, Nº 879), que já se encontra disponível na Biblioteca para leitura. Escolha a matéria de seu interesse. Aguardamos sua visita!
Sumário

14 Brasiliana A guia de um cemitério em Curitiba

16 Rosa dos ventos Maurício Dias e os rumos do mundo político

Seu País

30 São Paulo Estudantes resistem à truculência policial e a Alckmin

34 Lava-jato A prisão de Bumlai reacende até o caso Celso Daniel

36 Saúde O atendimento público e a produção de remédios no brasil

Economia

40 investimento Cresce a participação econômica da China no Brasil

43 Delfim neto

44 Internet Entre a liberdade e a privacidade

45 Luiz Gonzaga Belluzzo

Nosso Mundo

46 EUA A democracia não passa de ficção ante o poder dos lobbies e das elites

49 Wálter Fanganiello

50 África A visita do papa ao continente

52 Cop12 A conferência mostra otimismo no combate a desastres ambientais

54 Entrevista Para raquel Varela, a democracia direta é a solução

Plural

56 Exposição O Rio de Janeiro nas obras de Debret

59 Bravo!

QI 

65 D. Pedro I: Ruim de Mídia Revisão histórica indica que abancada do atraso sempre foi bem ativa

70 Design Como o Rio de janeiro era visto, dos anos 1910 aos 1970

71 Papinho Gourmet Por Marcio Alemão 

72 Cariocas Por carlos Leonam

73 Afonsinho


quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Sumário da Revista Veja



Confira abaixo o sumário da última edição da Revista Veja (16 Dezembro 2015, ANO 48, Nº 50), que já se encontra disponível na Biblioteca para leitura. Escolha a matéria de seu interesse. Aguardamos sua visita!  

Sumário
12 Carta ao leitor

17 Entrevista Paulo Paim

24 Claudio de Moura castro

36 Leitor

42 Blogosfera

Panorama

45 imagem da semana

48 Datas

50 Conversa com Marina Xandó

50 Números

51 SobeDesce

52 Radar

54 Veja Essa

Brasil

58 Conjuntura Dilma e sua máquina de fazer economia no tempo

68 Impechament o governo perde aliados e se enfraquece no Congresso

78 lava-Jato A delação do senador Delcídio do Amaral preocupa o Planalto

80 Zelotes A justiça quebra os sigilos bancário e fiscal do filho mais novo de Lula

82 Polícia Em Brasilília, líder do movimento dos sem-teto extorquia os sem-teto

84 São Paulo O que está por trás dos protestos

Internacional

92 Venezuela O futuro depois do voto contra as políticas chavistas

Geral

88 Gente

100 Tecnologia O financiamento coletivo dispara e alavanca startups

106 Gastronomia A saborosa redescoberta da carne bovina

114 Educação Eric Hanushek: como um bom ensino estimula a economia

116 Negócios O Ibope enfrenta concorrência pela primeira vez

118 Memória Marília Pêra

Artes & Espetáculo

120 Arte A mostra paulistana e o instituto que reúne a memorabilia de Wesley Duke Lee

154 Livros Politicídio, de Luuk van Middelaar

126 Retratos do Tempo - 50 anos de Fotojornalismo, de Evandro Teixeira

128 Cinema Macbeth, de Justin Kurzel

130 Veja Recomenda

131 Os livros mais vendidos

132 J.R Guzzo

Varejo do CE sobe 3,5 % em outubro

O resultado positivo é na comparação com setembro deste ano. Ante outubro de 2014, há queda de 4,2%

Foto: Google
O volume de vendas do comércio varejista ampliado no Ceará caiu 14,7% em outubro ante igual mês do ano anterior. Com o resultado negativo, o setor acumula queda de 6,8% neste ano, e de 5,1% nos últimos 12 meses. Os dados foram divulgados ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A média nacional do varejo ampliado demonstrou relativa estabilidade (-0,1%) na passagem de setembro para outubro e queda de 11,8% no confronto entre outubro deste ano e igual mês do ano anterior.


No confronto entre esses dois meses, todos os estados brasileiros registraram retração, sendo as maiores quedas no Tocantins (27,2%), Maranhão (23,5%) e Espírito Santo (23,3%). O varejo ampliado inclui, além dos segmentos que compõem o setor, as atividades de veículos e de material de construção. Desconsiderando esses dois segmentos, o Ceará registrou aumento de 3,5% no volume de vendas do comércio varejista na passagem de setembro para outubro, o maior observado entre todas as unidade federativas do País.


Na avaliação do presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Fortaleza, Severino Neto, o resultado é bastante positivo para o setor e dá sinais de estabilidade. "Não que a gente esteja esperando um Natal melhor do que o ano passado, mas não tão ruim como as outras datas comemorativas desse ano. Nós não vemos nenhum motivo econômico para que se mude o cenário (de crise). Porém, a gente tem percebido uma estabilidade com alguma possibilidade de crescimento", argumenta. No comparativo entre os meses de outubro de 2015 e de 2014, entretanto, a queda do comércio varejista cearense foi de 4,2%.


Setores


No Ceará, os setores que tiveram os piores desempenhos em outubro no varejo ampliado no confronto com igual mês de 2014 foram: veículos, motocicletas, partes e peças (-34,7%); material de construção (-26,7%); e equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação (-23,2%).


"São produtos com preços mais alto e exigem uma maior decisão do consumidor, assim como o segmento de móveis e eletrodomésticos, que, no Estado, também sofreu retração de 13,7% em outubro", salienta o economista Alex Araújo.

Com informações do Diário o Nordeste

5 maneiras de se manter motivado no trabalho

A motivação é fator essencial para o crescimento profissional do empregado e garante melhores resultados para as empresas. Salário baixo, excesso de trabalho, falta de reconhecimento, clima organizacional ruim. Trabalhar com o que se gosta é bom, mas fatores como esses acabam diminuindo o entusiasmo do profissional. “A motivação é um fator primordial para o bem estar do empregado e o aumento de suas perspectivas de crescimento. Ser feliz no emprego é condição, vitória é consequência e sucesso é realidade”, garante a coach Luciana Farias.


Foto: Google
Segundo ela, a motivação leva o empregado a otimização do tempo, autoestima elevada, crescimento pessoal e melhor relacionamento em grupo. “Os benefícios são percebidos também para a empresa, que aumenta a produtividade, reduz os custos de operação, mantém o comprometimento dos colaboradores e garante maior qualidade organizacional”, ressalta.

Diante desse contexto, a especialista que atua com o Coaching Integral Sistêmico, dá dicas de como manter-se motivado no trabalho e alcançar melhores resultados profissionais:


Inicie bem o dia
Procure relaxar antes de chegar ao trabalho. Agradeça por tudo que já alcançou, agradeça por mais um dia. O que mais gosta de fazer? Que tal ouvir músicas durante o caminho?

Estipule prioridades
Analise o que precisa ser cumprido no dia, sempre mirando no seu objetivo principal, fazendo tudo com calma.


Crie pausas
Pare para tomar café e conversar com colegas sobre assuntos variados. Integre-se com sua equipe!


Mantenha-se atualizado
Pesquise sobre assuntos recentes para estar sempre bem informado. Acompanhe o noticiário. É sempre bom estar interado das principais notícias.


Encare as dificuldades
Veja cada obstáculo como um desafio. Desse modo você se sentirá motivado a crescer.


Aprenda com as falhas
Reflita sobre situações que não deram certo, reconheça seus erros e faça diferente.


Relacione-se bem com toda a equipe
Aprenda com outras pessoas e seja o melhor que puder ser.


Seja ambicioso
Saiba quais são seus principais objetivos e tenham um planejamento de como alcançá-los, sempre com ética.

Fonte: Tribuna do Ceará

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Sumário da Revista Carta Capital


Sumário Confira abaixo o sumário da última edição da Revista Carta Capital (Dezembro 2015, ANO XXI, Nº 880), que já se encontra disponível na Biblioteca para leitura. Escolha a matéria de seu interesse. Aguardamos sua visita!

Sumário

12 Brasiliana Paulo de Carvalho anuncia o fim da banda "Velhas Virgens"

16 Rosa dos Ventos

20 A semana

74 Retratos Capitais

Seu País

27 Luiz Gonzaga Belluzzo

29 Marcos Coimbra

34 Futebol Marco polo Del Nero é investigado pela Fida e FBI

38 Denúncia o desvio de dinheiro na Câmara de itapecerica da Serra

40 Entrevista Raquel Rolnik fala sobre moradia e ocupações escolares

Economia

42 Negócios A dominação estrangeira em fusões e aquisições no País

45 Delfim Neto

46 Google A empresa incorpora o sistema de podcasts

47 Thomaz Wood JR

Nosso Mundo

48 Venezuela A vitória eleitoral da oposição

52 França Marine Le Pen, da extrema-direita, vence o primeiro turno das eleições regionais

Plural

54 Biografia As particularidades do cantor Frank Sinatra

63 falso ou autêntico? A pirataria infiltrada em rótulos de vinhos ao redor do mundo

22 juntos e misturados Eduardo Cunha e Michel Temer: A parceria revigorada pela vontade do impechament

Descubra a fórmula para melhorar sua interpretação de textos


Fonte: Shutterstock
Um desafio enfrentado por muitos alunos na hora de estudar costuma ser a interpretação de textos. Alguns estudantes costumam ter dificuldade em assimilar uma matéria pelo de não entenderem o que estão lendo. Isso, inclusive, pode se tornar um problema até mesmo durante a prova. Muitos exames e vestibulares cobram do candidato uma capacidade de compreensão textual, sendo esta decisiva para que ele tenha um bom resultado.


1 - Faça uma checagem geral do texto

É interessante, antes de começar a leitura, fazer uma leitura rápida e geral, para ter uma noção básica sobre do que se trata o texto e verificando o tamanho dele. Assim, você já pode pensar em quais partes vai focar mais sua atenção, para otimizar seu tempo.


2 - Reflita sobre o tema da leitura

Assim que der uma olhada geral no texto e identificar o tema abordado, é importante pensar no que você sabe sobre ele. Já ouviu falar antes sobre o assunto abordado? Em qual fonte você já leu sobre isso? O que o título do texto sugere? São algumas perguntas que você pode fazer a si mesmo antes de começar a ler.


3 - Divida a leitura

Quando se trata de textos e livros muito longos, dividir a leitura em partes pode ser uma boa estratégia para assimilar melhor. Dar uma pausa pode ser fundamental, pois você descansará a mente para retomar depois, quando estiver mais disposto. Isso pode funcionar principalmente quando se trata de leituras mais complexas ou de um assunto que você não domina muito bem.


4 - Explique o que leu em voz alta

É interessante que, após ler um parágrafo, por exemplo, você repita em voz alta o que lê, a si mesmo ou a um colega. Dizer o que entendeu da leitura pode ser uma ótima estratégia para ver se o conteúdo foi absorvido e se você está realmente sabendo interpretá-lo.


5 - Retome as perguntas iniciais

Ao final da leitura, é interessante retomar àquelas perguntas que você realizou no começo, por exemplo, a que tenta identificar o que o título sugere. Procure respondê-las e veja se realmente a sua interpretação mudou alguma coisa. Isso pode funcionar como uma revisão final do texto.

Fonte: Universia Brasil

4 erros que podem prejudicar sua carreira de empreendedor

Fonte: Shutterstock

Muitas pessoas sonham em começar uma carreira de empreendedor. Alguns jovens, inclusive, buscam se informar sobre como começar a empreender desde cedo, para ter um negócio próprio que cresça cada vez mais. Trata-se de uma atividade cada vez mais popular e que tem sido bastante valorizada, tendo em vista que o sucesso na área muitas vezes depende da iniciativa e do espírito inovador do profissional.

No entanto, assim como em qualquer área, algumas atitudes podem ser bastante prejudiciais para quem lida com negócios. Pensando nisso, a seguir separamos 4 erros mais comuns cometidos na carreira de um empreendedor. Confira abaixo como evitá-los:
1 - Dormir mal
Trata-se de uma realidade vivida por muitos profissionais, mesmo pelos que não são empreendedores. A ansiedade no dia a dia costuma atrapalhar o sono de muitas pessoas, que acabam não dormindo a quantidade de horas suficientes para descansar. No entanto, mesmo que você seja um empreendedor e esteja repleto de tarefas e ideias para colocar em prática, lembre-se de que é necessário priorizar o próprio descanso. Se você trocar o dia pela noite, provavelmente irá acordar cansado e com um raciocínio mais lento, o que pode prejudicar o resto das suas atividades.
2 - Não ter um bom trabalho em equipe
O bom relacionamento é fundamental para o bom funcionamento de uma empresa. Por isso, é importante prezar por um trabalho em equipe eficiente entre os empreendedores, de forma que o respeito seja sempre priorizado. Caso ocorra algum atrito entre os colegas, é importante resolvê-los de uma forma madura e profissional. Caso contrário, o seu negócio pode ser abalado.
3 - Não cuidar da saúde
Muitos empreendedores costumam dar tanta atenção ao seu negócio que acabam descuidando da própria saúde, não cuidando da alimentação ou deixando de praticar exercícios físicos, por exemplo. No entanto, trata-se de uma atitude muito prejudicial, tendo em vista que o cuidado com o bem-estar físico é fundamental em todos os aspectos. Por isso, não há desculpa para descuidar: procure priorizar um espaço na agenda para marcar suas consultas regularmente e ter o hábito de praticar atividades físicas regularmente. Deixar isso de lado pode afetar até mesmo a sua vida profissional.
4 - Desviar-se das prioridades
É comum que apareçam desafios e situações difíceis durante o seu empreendimento. No entanto, é importante estar atento para que isso não tire o seu foco do objetivo principal. Mesmo que algum sócio diga algo que você não goste ou que algum investimento dê errado, por exemplo, o importante é manter o equilíbrio e não deixar que esse problema ganhe uma dimensão maior ainda.
Fonte: Universia Brasil

No entanto, assim como em qualquer área, algumas atitudes podem ser bastante prejudiciais para quem lida com negócios. Pensando nisso, a seguir separamos 4 erros mais comuns cometidos na carreira de um empreendedor. Confira abaixo como evitá-los:

1 - Dormir mal
Trata-se de uma realidade vivida por muitos profissionais, mesmo pelos que não são empreendedores. A ansiedade no dia a dia costuma atrapalhar o sono de muitas pessoas, que acabam não dormindo a quantidade de horas suficientes para descansar. No entanto, mesmo que você seja um empreendedor e esteja repleto de tarefas e ideias para colocar em prática, lembre-se de que é necessário priorizar o próprio descanso. Se você trocar o dia pela noite, provavelmente irá acordar cansado e com um raciocínio mais lento, o que pode prejudicar o resto das suas atividades.

2 - Não ter um bom trabalho em equipe
O bom relacionamento é fundamental para o bom funcionamento de uma empresa. Por isso, é importante prezar por um trabalho em equipe eficiente entre os empreendedores, de forma que o respeito seja sempre priorizado. Caso ocorra algum atrito entre os colegas, é importante resolvê-los de uma forma madura e profissional. Caso contrário, o seu negócio pode ser abalado.

3 - Não cuidar da saúde
Muitos empreendedores costumam dar tanta atenção ao seu negócio que acabam descuidando da própria saúde, não cuidando da alimentação ou deixando de praticar exercícios físicos, por exemplo. No entanto, trata-se de uma atitude muito prejudicial, tendo em vista que o cuidado com o bem-estar físico é fundamental em todos os aspectos. Por isso, não há desculpa para descuidar: procure priorizar um espaço na agenda para marcar suas consultas regularmente e ter o hábito de praticar atividades físicas regularmente. Deixar isso de lado pode afetar até mesmo a sua vida profissional.

4 - Desviar-se das prioridades
É comum que apareçam desafios e situações difíceis durante o seu empreendimento. No entanto, é importante estar atento para que isso não tire o seu foco do objetivo principal. Mesmo que algum sócio diga algo que você não goste ou que algum investimento dê errado, por exemplo, o importante é manter o equilíbrio e não deixar que esse problema ganhe uma dimensão maior ainda.

Fonte: Universia Brasil

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

A leitura pode modificar o cérebro!


Para leitores, o fato de que histórias podem mudar uma pessoa não é nenhuma novidade. Porém, um novo estudo indica que a leitura de um romance pode provocar mudanças reais no cérebro, que persistem por alguns dias mesmo depois que o livro acaba. Os resultados foram publicados na edição de dezembro do periódico Brain Connectivity.

Enquanto outras pesquisas nessa área começaram a utilizar a ressonância magnética para identificar as redes cerebrais associadas à leitura, principalmente enquanto as pessoas leem, o estudo de Berns e sua equipe teve como foco os efeitos naturais que permanecem no cérebro após essa atividade.

"Histórias ajudam a dar forma às nossas vidas, e às vezes ajudam a definir uma pessoa. Nós queremos entender como elas entram no nosso cérebro, e o que são capazes de fazer com ele", conta Gregory Berns, neurocientista da Universidade de Emory, nos Estados Unidos, e principal autor do artigo.

Acompanhamento - Participaram do estudo 21 estudantes de graduação da Universidade de Emory, que se submeteram à ressonância magnética por 19 manhãs consecutivas. Os primeiros cinco dias serviram apenas para registrar a atividade normal dessas pessoas durante o repouso. Depois, durante nove dias, eles leram o romancePompéia, escrito por Robert Harris. A história se baseia em um evento real, a erupção do Monte Vesúvio na Itália, e acompanha um protagonista que, de fora da cidade de Pompéia, percebe a fumaça ao redor do vulcão e tenta voltar para salvar sua amada.

Os participantes deveriam ler uma parte do livro à noite, e passar pela ressonância magnética na manhã seguinte. Terminado o período de leitura, os eles foram ao laboratório por mais cinco dias, para que os pesquisadores avaliassem se os efeitos da história permaneceriam.

Nas manhãs seguintes à leitura, os resultados mostraram um aumento na conectividade de uma região do cérebro associada à recepção da linguagem. "Apesar de os participantes não estarem lendo enquanto eram avaliados, eles retiveram esse aumento de conectividade", explica Berns. Um aumento de conexões também foi identificado no sulco central do cérebro, região ligada à função motora. Os neurônios dessa região estão relacionados à criação de representações de uma sensação do corpo - o simples pensar em correr, por exemplo, pode ativar os neurônios associados ao ato físico de correr.

Sentir na pele - Para os pesquisadores, essas mudanças cerebrais provocadas pela leitura, que têm a ver com a movimentação e sensações físicas, sugerem que um romance pode, de certa forma, transportar o leitor para o corpo do protagonista. "Nós já sabíamos que boas histórias podem te colocar no lugar de outra pessoa, em um sentido figurado. Agora estamos percebendo que algo assim também ocorre biologicamente", explica Berns.

Os pesquisadores ainda não sabem dizer até onde essas mudanças podem ir, mas elas persistiram pelo menos durante os primeiros cinco dias após a leitura, analisados neste estudo. "O fato de que detectamos esses efeitos alguns dias depois da leitura de um romance escolhido aleatoriamente por nós sugere que os romances favoritos de uma pessoa podem desencadear efeitos mais intensos e duradouros", afirma o pesquisador.

Fonte: Leitura.com

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...