Biblioteca da Faculdade CDL

Biblioteca da Faculdade CDL

O Blog da Biblioteca da Faculdade CDL é um espaço destinado à comunicação da Biblioteca com os alunos e professores, onde é possível fazer postagens e comentários relativos a assuntos que envolvam, de alguma forma, a Biblioteca e o ambiente acadêmico em geral. O objetivo do blog é informar, registrar momentos e incentivar o gosto pela leitura e pela escrita.

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Boas festas e boas leituras!

Desejamos a todos boas festas e um Ano Novo cheio de novas leituras, que tragam novas aprendizagens e oportunidades.



Retornaremos com nossas atividades em janeiro/2014.

Biblioteca

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Ceará Natal de Luz 2013







FORTALEZA
19.12.2013



As luzes e o espírito de paz do Natal encantam crianças e adultos no Parque das Crianças e na Praça do Ferreira 

O Ceará Natal de Luz 2013 chega com muito brilho e cor, ocupando dois importantes espaços públicos da Capital cearense: A Praça do Ferreira e o Parque das Crianças, que se insere na programação pela primeira vez. Até o dia 23 deste mês, a tradicional festa natalina ilumina os dois locais, com milhares de luzes e atividades diárias, a partir das 18 horas. 














Seja de noite ou de dia, a Árvore de Natal da Praça do Ferreira se mostra imponente e colorida, realçando a magia do Natal no Coração de Fortaleza 

fotos: Tuno Vieira

Na Praça do Ferreira, na hora do Ângelus, acontece a tradicional apresentação do Coral de Luz, no Hotel Excelsior. É um espetáculo de som, luz e emoção com as mais belas canções natalinas interpretadas pelas 120 crianças nas sacadas do prédio, que se torna, anualmente, um belíssimo cenário desta festa natalina. 

Já foram cerca de 300 apresentações, reunindo uma plateia de mais de um milhão e oitocentas mil pessoas. Sob a coordenação do maestro Poty Fontenele e regência da maestrina Socorro Raulino, o coral já alcançou a média de mais de 80 mil CDs vendidos. Parte da receita tem sido destinada ao Lar Torres de Melo. No repertório estão canções natalinas tradicionais e regionais, num belo espetáculo que coloca Fortaleza em destaque nacional. Neste ano, o CD do Coral de Luz vem em um estilo musical com ritmos que passa pelo sertanejo até o forró.

Novo espaço

No Parque das Crianças (o Parque da Liberdade, como é chamado oficialmente desde 1922), o Ceará Natal de Luz está presente com Feira de Artesanato (diariamente, das 8 às 22 horas), Casa do Papai Noel (diariamente, das 16 às 20 horas) e atrações musicais (de terça a domingo, às 18 horas), com concertos natalinos de corais e orquestras no anfiteatro do Parque. De quinta a domingo, às 19 horas, acontece o Desfile de Natal. 
O Natal de Luz este ano está decorado pelas rendeiras cearenses que, com suas mãos mágicas, preservam a cultura e o artesanato nordestino. 

Três grandes árvores foram instaladas na cidade. Na Praça do Ferreira (Centro) e na Avenida Washington Soares (bairro Edson Queiroz), as árvores têm 25 metros de altura. Na Praça Portugal (Aldeota) está a árvore de 50 metros. 

E como todos os anos são utilizados elementos regionais nordestinos, as colunas das árvores foram confeccionadas com renda (sintética) e foram utilizados mais de oito mil metros de rendas nas árvores e nos demais elementos decorativos, como anjos e adereços do desfile natalino. Neste ano, a árvore se inspira na Catedral de Brasília, uma das principais obras do saudoso arquiteto Oscar Niemeyer. O projeto da árvore foi desenvolvido pelo arquiteto Luiz Deusdara.


O Desfile de Natal é uma das atrações do Parque das Crianças, também conhecido como Parque da Liberdade. A área no Centro de Fortaleza abre espaços, também, para feira de artesanato e concertos de corais e orquestras 
foto: Marcelo Rolim

Compromisso

O Ceará Natal de Luz continua com o seu compromisso social. Além das 120 crianças que estão se apresentando na sacada do Hotel Excelsior, participam do evento 200 arte-sãos entre costureiras, artistas plásticos e rendeiras e diversos grupos culturais da Capital e do interior. 

Outra ação do evento é a distribuição de mudas de arvores para a população em troca de garrafas plásticas. A meta é distribuir 110 mil mudas de plantas frutíferas ou ornamentais para serem plantadas. As garrafas PET arrecadadas serão entregues à comunidade do Caça e Pesca para reciclagem e depois revestidas em renda para essas famílias. Já foram instalados vários pontos de troca.

O Ceará Natal de Luz 2013 é uma realização da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Fortaleza e Instituto CDL de Cultura e Responsabilidade Social, em parceria com o Governo Federal e Ministério da Cultura, Governo do Estado do Ceará e Prefeitura de Fortaleza. O patrocínio é da Coelce, Grupo C. Rolim, Nacional Gás, Esmaltec, Banco do Nordeste, Newland, Fiec, OI Operadora e Sebrae. O evento tem apoio do Sindiônibus, Indaiá e Grupo M. Dias Branco.

Fonte: Jornal Diário do Nordeste


quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Mirar bons exemplos



ARTIGO 18/12/2013

Final de ano remete-me sempre a Jesus, ao grande homem que Ele foi. Como todos os cristãos, revigoro-me com o nascimento desse homem que marcou a humanidade como nenhum outro foi capaz até hoje. Seus ensinamentos perduram e sua humildade e bondade jamais foram igualadas, porém foram seguidas por personalidades como Gandhi, Madre Teresa e Irmã Dulce, entre tantas outras. Em comum, essas personalidades sempre tiveram a atitude de praticar o amor ao próximo. 

Final de ano também é tempo de agradecimentos. Agradeço sempre pelo ano que se encerrou e por todos os anos que o antecederam. Anos que me construíram e pessoas que me reconstruíram. Agradeço pelas boas pessoas que foram colocadas no meu caminho, seres humanos aos quais algumas vezes escolhi; outras vezes fui escolhido por eles. Pessoas que são exemplo de força, fé e coragem. Neste final de 2013, quero dar destaque a uma dessas pessoas, senhor Ivens Dias Branco, homem cuja capacidade gerencial lhe permitiu transformar uma padaria em um dos maiores complexos industriais do setor de massas alimentícias e biscoitos não apenas do Brasil, mas de toda a América Latina. 

Não é, no entanto, o sucesso empresarial o que faz do senhor Ivens um escolhido em minha vida nem na vida de tantos outros amigos que ele angariou ao longo da vida. É a humildade cristã seguida da capacidade ímpar de estabelecer vínculos sem jamais ceder aos aspectos do caráter que ele julga serem essenciais. É a disponibilidade para ajudar, a competência ao aconselhar e a fidelidade dedicada aos amigos que fazem de Ivens um homem notável. Ivens é, sobretudo, um homem voltado para o trabalho, uma unanimidade que orgulha o Ceará e o Nordeste, um homem de bem e de bens, sem que nenhum desses aspectos se interponha sobre o outro. Um homem equilibrado nos negócios e nas relações pessoais. 

Se o ano cristão deve terminar com um olhar sobre os bons exemplos, não há como não olhar para a história de Ivens, para a construção do homem e do empresário, construção que se cruza com o desenvolvimento do Ceará e com o crescimento de pessoas que tiveram a graça de partilhar de seu notório empreendedorismo.

Muitos empresários nasceram pobres, sem perspectivas de uma vida de sucesso, de uma carreira que pudesse ser admirada. Alguns deles venceram a fome, mãe da miséria absoluta, mas com trabalho e coragem sobrepujaram as dificuldades e reescreveram a própria história, muitas vezes trazendo consigo aqueles que, de uma maneira ou de outra, fizeram parte dessa história.

Muitos são os exemplos nesse sentido, alguns com singular destaque, como é o caso de Ivens Dias Branco. Exemplos de que as dificuldades devem ser enfrentadas, combatidas e vencidas com vigor; exemplos de que sem o sacrifício, sem o trabalho árduo, sem a vitalidade diária nada se conquistará de grande valor, pois é a contribuição para a humanidade que estabelece a diferença entre quem marca e quem apenas passa pela história.

Sigamos os bons exemplos, meus amigos, pois eles, embora raros, são os espelhos das vitórias que devemos conquistar. O material é consequência, o que se faz para viver bem é que é o modelo do “ser gente”.

Feliz Natal, feliz Ano Novo e muitos bons exemplos para todos nós!

Honório Pinheiro

presidente@fcdlce.com.br
Presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Ceará FCDL-CE


terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Quem entender as mulheres vai se dar bem, diz especialista






TREINAMENTO 17/12/2013

Maria Zilar de Albuquerque, professora da disciplina de marketing de serviços na Faculdade CDL, em Fortaleza, que a mulher é detalhista. Entender isso faz a diferença. “A mulher presta atenção na limpeza do lugar, na forma como o funcionário fala com ela, em como está vestido”. 
Segundo Mara Silva, gerente da concessionária Saga, em Fortaleza, é do atendimento que o consumidora mais reclama. A gerente defende que se deve “explicar mais sobre o produto, pois nem todas entendem o funcionamento de carro”.
Roberto Nestor, presidente do Sindivel (Sindicato dos Revendedores de Veículos Automotivos do Estado do Ceará), argumenta que o bom vendedor trata a mulher com respeito. Para ele, atender bem as mulheres é uma atitude inteligente das empresas, já que, segundo ele, é a mulher que define uma compra. “Se a esposa de um cliente não gostar do carro, dificilmente fechar negócio”, afirma.

O gerente do centro automotivo Beto’s Car, Pablo Lima, diz que seus funcionários passam por treinamento semanal com uma psicóloga sobre comportamento. Estima que 35% do seu público seja de mulheres. “Não podemos admitir, por exemplo, rodinhas de conversa quando uma cliente bem vestida entra na loja”. (Nina Rimat, especial para O POVO)

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Últimos ajustes nos projetos integrados

Alunos buscaram a Biblioteca na última semana de aula, para orientação na revisão da formatação dos projetos integrados.






Biblioteca

Equipe da Biblioteca da Faculdade CDL


Fizemos a nossa reunião de trabalho de final de ano da Biblioteca da Faculdade CDL

O êxito e sucesso que obtivemos ao longo de 2013 são frutos de uma equipe coesa, afinada e comprometida. Agradeço a todas: Caroline, Dadylla, Jennifer, Lianna e Mayara, cada uma com sua expertise e jeito especial de ser, auxiliou na condução e atendimento da Biblioteca, nos três turnos.

Ratifico a partilha dos elogios recebidos pelos alunos e professores, pela Coordenação e Direção da Faculdade e pelas comissões do MEC, neste ano de 2013.

Em 2014 estaremos ainda mais fortes!







Ana Luiza Chaves

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

ICMS do fim de ano será parcelado


MAIS SETORES COM DESONERAÇÃO
13.12.2013


O Estado vai adotar em 2014 um programa de desburocratização para o setor lojista chamado Sefaz Simplifica

O comércio de material de construção, confecção e móveis e eletrodomésticos será beneficiado com a desoneração de impostos estaduais a partir de janeiro de 2014. A notícia foi dada ontem pelo titular da Secretaria da Fazenda do Estado do Ceará (Sefaz-CE), João Marcos Maia, durante encontro com dirigentes do setor lojista de todo Estado na sede da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL). Ele também confirmou o parcelamento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) deste fim de ano, a exemplo de anos anteriores.



Maia: desoneração para material de construção, confecção e móveis e eletrodomésticos 
FOTO: TUNO VIEIRA

Segundo o secretário, a primeira medida faz parte da política do governo do Estado de desoneração da carga tributária e do fortalecimento das cadeias produtivas locais. "Em janeiro estaremos implantando uma nova sistemática de tributação, que é da carga líquida (redução da alíquota), para móveis e eletrodomésticos, material de construção e confecções. Isso implica em desoneração de carga", reforçou. Em relação ao segmento de óticas, relógios e joias, o titular da Sefaz não deu garantia. "Talvez ele também entre no rol dos beneficiados, mas ainda terá que passar por estudos", avisa.

Desburocratização

João Marcos Maia prometeu simplificar a vida de todos os lojistas em 2014, com um projeto de desburocratização em curso - o Sefaz Simplifica. O programa, segundo ele, se baseia em três pontos: catálogo eletrônico de valores de referência, desenvolvimento da ferramenta módulo fiscal eletrônico e fim do atestado de não similaridade.

Monitoramento

Em relação ao catálogo eletrônico de valores de referência, o secretário lembrou que diariamente a Sefaz recebe cerca de 200 mil notas fiscais. Monitorando essas NFs, vai ser possível saber se uma empresa está superfaturando. Sobre o módulo fiscal eletrônico, o secretário informou que foram enviados dois técnicos da Sefaz a Boston (EUA) para conhecerem uma ferramenta que irá baratear o uso do módulo fiscal nas transações eletrônicas para os lojistas.

Com isso, o equipamento Emissor de Cupom Fiscal deve baixar de preço, podendo chegar ao valor de R$ 400,00. Segundo o secretário, a compra do novo equipamento será financiada pela Sefaz, podendo ser paga de forma parcelada.

João Marcos pretende tornar obsoleta a exigência do atestado de não similaridade nas importações de produtos. "Hoje, quando as empresas querem importar algum produto, é pedido um atestado de não similaridade para evitar prejuízo a produtos similares nacionais. Mas não será preciso mais consultar esse documento porque eu tenho como saber pela nota fiscal eletrônica", diz.

Para o titular da Sefaz, "o Fisco criou a NF eletrônica, mas ainda não aprendeu a usá-la em benefício próprio e da sociedade". "Com implementação de ferramentas que estamos desenvolvendo, vai ser possível atuar preventivamente com as empresas para que não sejam surpreendidas com a prática de irregularidades e só dois a três anos depois tomarem conhecimento. Vamos conhecer e atuar preventivamente em tempo real", frisa.

"A carga tributária do País é muito alta e nossa cultura é muito burocrática. Então, há um esforço muito grande da administração pública fazendária cearense de reverter esse quadro para uma cultura de desburocratização", completa.

Parcelamento de Natal

O secretário assegurou aos lojistas que o governo continuará concedendo o tradicional acordo de Natal para o setor. Assim, os valores do ICMS referentes às vendas realizadas em dezembro sendo pagos posteriormente ao Fisco em três parcelas de janeiro a março, entre os dias 10 e 15 de cada mês, de acordo com o calendário de recolhimento previsto por atividade. "As vendas de dezembro naturalmente são parceladas em três vezes, a partir de janeiro", confirma.

Para o presidente da FCDL, Honório Pinheiro, a renovação do acordo já era esperada. "Tradicionalmente, o governo do Estado assina o chamado ´decreto Papai Noel´, que elastece o pagamento das vendas que ocorrem nesse período natalino. Isso já está no automático. Nós nem precisamos nos preocupar porque já acontece todo ano", afirma.

Força

Para o líder classista, a iniciativa corresponde ao reconhecimento do governo da força que o setor de comércio representa para a economia cearense. "Nós varejistas representamos, principalmente no Ceará, o maior número de empregos e o maior nível de arrecadação de ICMS. Então, representamos uma força importante. O varejo é a vocação do Estado, é a economia que se move", diz Honório Pinheiro.

Arrecadação

A participação do comércio na economia do Estado se traduz nos números da arrecadação. De acordo com balanço apresentado pelo secretário aos lojistas, entre janeiro e novembro deste ano, o Estado arrecadou R$ 7,846 bilhões com o ICMS. "Somando a arrecadação de ICMS do atacado e do varejo, o setor foi responsável por 35% do bolo", observa. Ele completa que o setor atacadista recolheu 20,08% do total, enquanto o varejo respondeu por 15,66%.

O montante arrecadado pelo ICMS até novembro de 2013 corresponde a um crescimento de 13,99% em comparação com o volume arrecadado em igual período do ano passado (2012). "Na receita total do Estado, tivemos 11,59% de crescimento. A performance só não foi melhor devido ao mal desempenho das receitas federais, pois até agosto já havíamos perdido R$ 1 bilhão no valor dos repasses", avalia.

Melhoria: valor ainda por calcular

O governo do Estado ainda não sabe quanto deverá recolher aos cofres públicos com a cobrança da Contribuição de Melhoria, que será aplicada a cada obra pela valorização imobiliária causada aos imóveis localizados na área de abrangência do investimento. "A orientação do nosso governador é conseguirmos arrecadar recursos equivalentes ao custo das desapropriações das áreas, sejam imóveis construídos ou terrenos", disse o secretário da Fazenda, João Marcos Maia. Segundo ele, a expectativa (de arrecadação) varia de equipamento para equipamento. Dependendo do tipo da área e da localização da área. "Então, pode ir de 10% do custo da obra até 70%. Isso vai estar atrelado ao custo da desapropriação", informou o titular da Sefaz.

Sobre o impacto que a nova arrecadação terá na receita do Estado, o secretário também não arriscou estimativa.

Dado variável

"Teria de fazer projeção para saber do impacto da Contribuição nos cofres estaduais. Ainda não fizemos porque como a desapropriação não é um custo fixo, varia de obra para obra, não há como fazer agora esse cálculo", afirmou. (AC)

ÂNGELA CAVALCANTE
REPÓRTER 

Fonte: Jornal Diário do Nordeste 

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Com maior fluxo, navios aguardam para atracar



PORTO DE FORTALEZA
11.12.2013


Uma portaria publicada na semana passada também impactou o fluxo de passageiros de cruzeiros no porto

Por conta do aumento da movimentação do Porto de Fortaleza, alguns navios têm esperado mais na fila para atracar. Segundo a Companhia Docas do Ceará (CDC) já foram movimentadas 4.611.432 toneladas de cargas, de janeiro a novembro deste ano, representando um aumento de 11,6% em relação a igual período do ano passado.


De acordo com a Companhia Docas do Ceará, entre janeiro e novembro deste ano, já foram movimentadas 4.611.432 toneladas de cargas no Porto de Fortaleza, uma expansão de 11,6% em relação a 2012
FOTO: ALCIDES FREIRE

Do total movimentado, 92% foi no sentido importação e 8% no sentido exportação. Na movimentação de contêiner, o índice de crescimento foi ainda maior, registrando 24,63% de alta entre janeiro e novembro de 2013, em relação ao acumulado de 2012, totalizando 80.552 TEUs.

Fluxo de passageiros
Desde a semana passada, entrou em vigor uma portaria que determina o fluxo de passageiros de cruzeiros marítimos no Porto de Fortaleza só pode ser feita por meio de veículos das empresas responsáveis. Segundo o chefe da seção de vigilância e controle aduaneiro da Receita Federal, Ivanilson Castro, a medida, tomada por meio da Portaria 87 é uma "questão de segurança", além de garantir o controle aduaneiro. "Na verdade, é um processo de evolução de controle aduaneiro. É uma portaria muito simples. Fortaleza era um dos poucos portos com trânsito misturado - com contêiner, operadores portuários e veículos de vários portes", afirma.

Por outro lado, o sócio do setor contencioso cível da Siqueira Castro Advogados, Fábio Korenblum, destaca que a mudança poderá onerar os serviços oferecidos pelos cruzeiros, uma vez que será de responsabilidade delas a contratação de empresas para realizar o transporte. "Esse serviço deve onerar as empresas de modo global e deixar os pacotes mais caros, trazendo a responsabilidade de circulação que em tese não é deles", analisa.

Regulamentação
Korenblum ressalta que a regulamentação em área de alfândega é de competência da União e é administrada pelos portos. "É uma questão que trata indiretamente com assunto inerente ao direito do consumidor.

Além disso, o advogado afirma que o ideal para garantir a segurança dos transeuntes seria uma sinalização adequada e a fiscalização da circulação dos transportes. "O objetivo do órgão regulamentador é bem claro de trazer segurança. Resta saber se é a forma correta. Se através de portaria é possível essa imposição à empresa", diz. Conforme Ivanilson, a medida já começou a ser cumprida logo no dia seguinte à publicação da portaria.


sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Shoppings e Centro disputam consumidor


NOVOS PONTOS DE COMÉRCIO 06/12/2013

A inauguração de shoppings centers em Fortaleza cria novos focos de compra. Especialistas se dividem sobre a preferência do consumidor entre o Centro e estes novos pontos de consumo


Janaína Marques

                                                                                                           Humberto Mota
Consumidor tem se dividido entre as compras no Centro, pelos preços e em shopings, pelo maior conforto e segurança


A geografia comercial de Fortaleza ganha um novo formato com a inauguração de shoppings centers. Alguns especialistas neste tema afirmam que, apesar de ainda não ser possível definir em números estas mudanças, certos locais tradicionais de comércio, como o Centro, poderá ser afetado por estes novos pontos de consumo. Para o superintendente do Shopping Parangaba, Leonardo Franco, é natural que os bairros próximos ao shopping tenham um público que acabe deixando de ir ao Centro para fazer as compras por ter “um lugar mais perto de casa, com um mix completo, além de oferecer conforto e segurança aos clientes”.

Por enquanto, a maneira que ele encontrou de medir o público consumidor do Shopping Parangaba é através de um sorteio de dez carros, que está a cargo do empreendimento. “As pessoas compram no shopping e, para participarem do sorteio, cadastram-se, informando seus endereços residenciais. Muitas dessas pessoas são de bairros próximos ao Centro. Para o superintendente, a facilidade de acesso ajuda a esta migração de consumidores de bairros mais distantes.

No bairro ao lado da Parangaba, outro empreendimento atrai um novo público. Trata-se do North Shopping Jóquei, que foi construído tendo como base uma longa pesquisa de público potencial para aquela área e realizada pelo Ibope Inteligência. “Pessoas de bairros mais distantes estão vindo para o Jóquei para conhecer o empreendimento que acabou de inaugurar”, diz Rodrigo Vitali, superintendente do North Shopping Jóquei.

O estudo do IBOPE inclui todos os bairros inseridos entre o Centro e o Jóquei. Um dos pontos do relatório informa que “o mercado da área de influência (do North Shopping Jóquei) conta com uma população de 1,2 milhão de habitantes e 343 mil domicílios. Esta população deverá chegar a 1,3 milhão em 2016”.

Outro ponto que a pesquisa destaca é que a renda média domiciliar na área de influência é de R$ 2.241 por mês. De acordo com a assessoria de imprensa do North Shopping Fortaleza, localizado na avenida Bezerra de Menezes, o empreendimento influencia áreas importantes do entorno e do próprio bairro. “Além disso, beneficiados pela localização, temos uma parcela importante de clientes que estão em trânsito”, informa o shopping, através da sua assessoria.

RioMarPlanejado para ser construído no próximo ano, o shopping RioMar Norte, no bairro Presidente Kennedy, administrado pelo Grupo JCPM, também visa o mesmo público alvo do Centro. 

O POVO entrou em contato com a assessoria de imprensa da JCPM para saber que influência teria o shopping em relação a área central da cidade. O Grupo JCPM, através da sua assessoria de imprensa, respondeu que “ao longo dos anos, os shoppings se tornaram mais uma opção de compra para os consumidores de uma forma geral. Não há como objetivo tirar consumidor de uma determinada área. Haverá uma nova oferta de local para os consumidores”.


Cai número de empresas que fazem inovação






NO BRASIL
06.12.2013


Conforme a pesquisa do IBGE, os efeitos da crise econômica mundial e a apreciação do câmbio impactaram a área

Rio. Em meio a um cenário econômico conturbado e com a concorrência de produtos importados, apenas 35,7% das empresas brasileiras realizaram inovações tecnológicas entre 2009 e 2011. Na indústria, que engloba 91% das firmas analisadas, o percentual caiu de 38,1%, em 2008, para 35,6%. Os dados fazem parte da Pintec (Pesquisa de Inovação Tecnológica), divulgada ontem pelo IBGE. Pelo critério do estudo, é inovação qualquer produto ou processo produtivo novo para a empresa ou substancialmente aprimorado, mesmo que seja uma cópia de algo que já exista no mercado.


A aquisição de máquinas e equipamentos continua a ser a atividade mais importante na estrutura de gasto com inovação na indústria 
FOTO: DIVULGAÇÃO

Apenas o dado referente à indústria é comparável com anos anteriores. Isso porque a pesquisa passou a incluir setores de eletricidade e gás, serviços de arquitetura e engenharia, testes e análises técnicas. No caso da indústria, não houve alterações. "O triênio ocorreu na esteira da crise econômica mundial, que começou no último trimestre de 2008 e afetou as expectativas", afirma Alessandro Pinheiro, gerente da pesquisa.

O ano de 2009 foi marcado pelo resultado negativo do PIB: -0,3%. Em 2010, houve sinais de recuperação, com o PIB crescendo 7,5%. Em 2011, embora a economia brasileira tenha crescido 2,7%, foi registrado, diz o IBGE, "um período de relativa acomodação econômica".

Segundo Pinheiro, diante desse cenário, as firmas tendem a adotar um comportamento defensivo, a fim de evitar o risco. "Isso prejudica principalmente a inovação de produto. Elas acabam concentrando as inovações nos processos, com o objetivo de reduzir custos e aumentar a produtividade", afirma.

Câmbio

Além da crise internacional, outro fenômeno teve impacto entre 2009 e 2011: a apreciação cambial, que influenciou no aumento das importações. Em 2011, a taxa média de câmbio comercial para venda de dólar era de R$ 1,675. Em 2006, estava em R$ 2,176. Nesta quinta-feira, o dólar comercial para venda fechou cotado a R$ 2,389.

"A valorização da moeda nacional induz ao aumento das importações e prejudica as empresas exportadoras. Há ainda o ´efeito China´, várias empresas reclamaram da concorrência com os produtos do país, especialmente em setores como o têxtil, siderurgia e papel", afirma.

Por outro lado, a apreciação cambial pode motivar as empresas a comprarem no exterior novas máquinas e equipamentos. O investimento total das empresas em atividades inovadoras alcançou R$ 64,9 bilhões em 2011. De acordo com o IBGE, o setor de eletricidade e gás alcançou a maior taxa de inovação, de 44,1%, enquanto nos serviços selecionados (como telecomunicações e hospedagem na internet), o total foi de 36,8%.

Segundo a pesquisa, a aquisição de máquinas e equipamentos continua a ser a atividade mais importante na estrutura dos gastos realizados com inovações pela indústria.

Barreiras

Entre as empresas que não inovaram, o principal motivo apontado foram as condições do mercado. Pela primeira vez, em 2011, a falta de mão de obra qualificada aparece entre os dois maiores obstáculos à inovação na indústria, com 72,5% das empresas industriais atribuindo importância alta ou média a este problema, superado apenas pelos custos elevados (81,7%).


Desfile resgata espírito natalino








CIDADE DA CRIANÇA

06.12.2013


Parque tornou-se ainda mais bonito quando foi iluminado para receber o desfile de Natal deste ano











O espírito natalino invadiu a capital cearense e está em todos os lugares, sobretudo na decoração de fachadas de prédios públicos, residenciais ou comerciais. Mas, neste ano, um local em especial retrata fielmente o período. Trata-se do Parque da Liberdade, mais conhecido como Cidade da Criança. Localizado no Centro de Fortaleza, o parque vem sendo cenário para a realização, de quinta-feira a domingo, do desfile do Natal Encantado, que se inicia às 19h e reúne mais de 100 figurantes.

Alas e alegorias representando duendes, anjos, pastoras, entre outros personagens, deixaram crianças e adultos deslumbrados. O desfile reúne mais de 100 figurantes e acontece de quinta a domingo, a partir das 19h Foto: Tuno Vieira

Totalmente iluminada e decorada com motivos natalinos, a Cidade da Criança foi incorporada à programação do Ceará Natal de Luz, que este ano chega à 17ª edição, numa promoção da Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza (CDL).

O parque conta com uma feira de artesanato e a Casa do Papai Noel, fora os concertos natalinos de corais e orquestras, de terça a quinta-feira.

Ontem, mais uma vez, o desfile atraiu ao local grande número de fortalezenses, que ficaram deslumbrados com a passagem das alas e alegorias representando os duendes, os anjos, as pastoras, entre outros. Já a ala inclusiva contou com a participação de cadeirantes e foi muito aplaudida pelo público.

O secretário da Regional do Centro, Régis Dias, não apenas ressaltou a beleza do local como lembrou que a promoção propiciou "o resgate, na prática, do Centro vivo, valorizando sua histórica e cultura, realizando um Natal mais humanizado". Já o primeiro vice-presidente da CDL, Pio Rodrigues Neto, enfatizou que, em Fortaleza, "a Cidade da Criança está sendo a grande novidade deste Natal, por sua beleza e pela dedicação de todos que fazem parte do desfile".

Antes mesmo de ter sua decoração concluída, a Praça Portugal já começou a despertar a atenção de quem trafegava na área. Terminada a etapa da iluminação nesse logradouro, a montagem da árvore de Natal, de 50 metros, estava na fase de conclusão. Ainda assim, a praça já recebeu quatro tendas de evangélicos, que fazem a leitura da Bíblia em 72 horas, em alusão ao Dia da Bíblia, 8 de Dezembro.

MOZARLY ALMEIDAREPÓRTER 


sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Por que o Marketing prefere Papai Noel





NATAL
29/11/2013

Átila Varela
atilasantos@opovo.com.br

O natal traz consigo festas, cores, luzes, afeto e alvoroço nas compras de fim de ano. Nesse período, duas personagens aparecem: Jesus Cristo e Papai Noel

De um lado a celebração mais importante do ano para os cristãos. Do outro, um período que vale por meses de vendas para o comércio. Assim é definida a época natalina. Nesse cenário, aparecem duas imagens: Jesus Cristo e Papai Noel.

Para o consultor de marketing, Wellington Gabriel de Oliveira ambos os ícones são usados para agregar valor aos produtos. “Cada símbolo busca agregar um conceito. O uso deles é ideal para marcar a época”. Segundo ele, a simpatia do “Bom Velhinho”, resultou em uma proximidade comercial pelas empresas.

O professor de Marketing e Comunicação da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Carlos Eduardo Silva, reforça a dicotomia do período. “Temos uma referência de presentear no Natal na passagem dos reis magos que presentearam Jesus no nascimento. Isso proporciona um aumento nas vendas, aliado às campanhas e ações de divulgações nesta época”.

Com o Papai Noel como astro pop, as ferramentas são muitas para atrair o consumidor: helicóptero, cortejo e até fogos de artifício. A professora da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), Maria Luiza Piccioli, explica que as ações estratégicas fortalecem o conceito para impulsionar as vendas. “As empresas começaram a marcar pontos para campanhas temáticas. O Papai Noel traz uma perspectiva positiva. Isso traz público”.

E pode usar a imagem de Jesus no marketing? O gerente comercial da agência Frutto Marketing Corporativo, Flávio Zanellato diz que a melhor a maneira de usar a imagem de Cristo é observar o nicho de mercado que se pretende atingir. “No meio comercial, Jesus será atrelado à religião”.

O natal traz consigo festas, cores, luzes, afeto e alvoroço nas compras de fim de ano. Nesse período, duas personagens aparecem: Jesus Cristo e Papai Noel

Diversidade

Segundo ele, o uso de ícones religiosos não são aconselhados em peças publicitárias pelo fato de o País ser formado por diversas crenças e religiões. “Não se pode associar uma saca de arroz a uma figura religiosa ou à venda de um fogão. Isso afetaria o propósito de venda do produto”. A figura mais adequada, portanto, ainda é o Papai Noel. “Desprovido de religiosidade, pode ser utilizado em qualquer produto. É uma figura emblemática para as vendas”. 

Para o professor da Área de Humanidades da ESPM, Mário Schweriner, a figura do Papai Noel é mais associada ao período natalino que o nascimento de Cristo. “Associa-se o Natal a presentes, assim como a Páscoa lembra chocolate”, reforça.

No entanto a simbologia do mito do Papai Noel depende de questões culturais. “Em alguns países da Europa não existe a figura do Papai Noel. Nos Estados Unidos e no Brasil a imagem é mais forte e disseminada”, destaca Schweriner. (colaborou Vanessa Freitas, especial para O POVO)


Então é Natal!






ESPECIAL
29.11.2013

Acontece nesta sexta-feira a abertura do Ceará Natal de Luz 2013, com apresentação de Waldonys, Elba Ramalho, Chico Pessoa e do maestro Adelson Viana, além da tradicional chegada do Papai Noel

Waldonys comanda a abertura do Ceará Natal de Luz hoje, na Praça do Ferreir

FOTO: VIVIANE PINHEIRO

Com a proposta de destacar um dos principais produtos artesanais do Estado, a renda, a abertura da 17ª edição do Ceará Natal de Luz, acontece na Praça do Ferreira, hoje, às 18h, com apresentação da Camerata da Universidade de Fortaleza e a tradicional missa.

Logo em seguida, é a vez do Papai Noel chegar, em grande estilo, para encantar o público presente. Além do bom velhinho, as crianças, do Coral de Luz se apresentam na sacada do Hotel Excelsior.

No cair da noite, em uma homenagem ao saudoso Dominguinhos, o cantor Waldonys comanda, pela primeira vez, a abertura do período natalino. A festa terá a participação especial de Elba Ramalho, Chico Pessoa e do maestro Adelson Viana. "Me sinto honrado [com o convite de participar da abertura]. Nunca me desvinculei da proposta do início da minha carreira, em 1985, de fazer música sem vislumbrar o lado comercial. O público que comparecerá à abertura é o tipo que aprecia a música que eu faço, música para toda a família", disse o sanfoneiro.


Além de clássicos da trajetória artística de Dominguinhos, como "Eu só quero um xodó", e "Isso aqui tá bom demais", Waldonys adianta que o repertório da apresentação será mesclado com sucessos dos convidados especiais. "Será uma mistura. Ele [Dominguinhos] será muito mencionado e haverá uma surpresa no meio do show", despista.

As crianças do Coral de Luz se apresentam na sacada do Hotel Excelsior até o dia 23 de dezembro 
FOTO: DIVULGAÇÃO

Para quem não puder prestigiar o Coral de Luz na noite de hoje, vale ressaltar que o coral das crianças se apresentará diariamente, às 18h, até o dia 23 de dezembro.

Programação especial

O Parque das Crianças também vai receber uma programação especial para o período festivo. A partir deste sábado (30), visitantes terão acesso gratuito à Feira do Artesanato, de 8h às 22h, e à Casa do Papai Noel, de 16h às 20h.

De quinta a domingo, será realizado o Desfile de Natal, com diversas alas representadas por personagens e símbolos natalinos, uma criação do artista plástico Carri Costa, sempre às 19h. As atrações musicais, com apresentações de terça a domingo, no Anfiteatro do Parque, também começam amanhã e seguem até o dia 22 de dezembro.

Uma das principais marcas do Ceará Natal de Luz, as árvores temáticas também serão espalhadas ao redor da cidade. Utilizando elementos regionais, este ano os enfeites são inspirados em obras do arquiteto Oscar Niemeyer.

Mais informações

Festa de abertura do Ceará Natal de Luz 2013

Hoje (29), a partir de 18h, na Praça do Ferreira. Entrada gratuita. (85) 3252.3401.

JACQUELINE NÓBREGA
REPÓRTER 

Sumário de Revista

Confira abaixo o sumário da última edição da Revista Veja (Novembro, nº48), que já se encontra disponível na Biblioteca para leitura. Escolha a matéria de sua predileção. Aguardamos sua visita!

Sumário
14 Carta ao Leitor
21 Entrevista: Paulo André
30 Mailson da Nóbrega
40 Leitor
60 Blogosfera
Panorama
 63 Imagem da Semana
64 Datas
69 Holofote
70 Conversa com Dai Macedo
70 Números
71 SobeDesce
72 Radar
 74 Veja Essa 
Brasil
76 Mensalão
Os condenados reclamam de humilhação
88 Caso Siemens
Altos tucanos paulistas são citados no escândalo da empresa alemã
Economia
90 Poupança
O STF julga as supostas perdas com os planos econômicos
 96 Aeroportos
A privatização do Galeão e de Confins
Internacional
98 China
Até quando o país poderá liberalizar a economia sem abrir a política
102 Defesa
O mau negócio por trás da compra das baterias antiaéreas russas
164 Chile
Michelle Bachelet voltou mais radical
108 Argentina
 As mudanças que deixarão tudo igual, ou pior Geral loi Gente
Geral
110 Gente
112 Cidades
A volta dos arrastões às areias cariocas
116 Olimpíada
 A turma que faz os Jogos de 2016 acontecer
124 Família
Casais brasileiros contratam barriga de aluguel na índia
130 Educação
O retorno dos bolsistas do Ciência sem Fronteiras
138 Saúde
 Vida nova para os pacientes metastáticos de câncer de próstata
142 Sociedade
Caça aos clientes de prostitutas
146 Esporte
 A Copa de Cristiano Ronaldo?
150 Memória Doris Lessing
Guia
152 Carreira
Pesquisa aponta cargos que sofreram as maiores alterações salariais
154 Áreas promissoras para os próximos anos
Artes & Espetáculos
156 Exposição
O nu masculino em Paris
160 Livros
Década Perdida, de Marco Antonio Villa
162 Televisão
Mateus Solano brilha no capítulo de revelações sobre Félix, em Amor à Vida
163 Cinema
 Jovem e Bela, de François Ozon
164 Música
Quanto pior a crise, mais sexy o som
166 Veja Recomenda
167 Os livros mais vendidos
168 J.R. Guzzo

Biblioteca

Sumário de Revista

Confira abaixo o sumário da última edição da Revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios (Novembro, nº298), que já se encontra disponível na Biblioteca para leitura. Escolha a matéria de sua predileção. Aguardamos sua visita!

SUMÁRIO
SEÇÕES
6 CARTA DO EDITOR
14 ONLINE
18 PEQUENAS EMPRESAS GRANDES IDEIAS
18 SHOW PARA POUCOS
20 FARMÁCIA NO TABLET
21 VENDA CUSTOMIZADA
24 EM DIA COM A NATUREZA
26 PASSEIO ANIMAL
28 QUANTO CUSTA TER UM RESTAURANTE?
30 COM O PÉ NA ESTRADA 32 MOBILIZAÇÃO MUNDIAL
36 SER BILIONÁRIO ESTÁ FORA DE MODA
38 LUXO COMPARTILHADO
40 UMA CARTA NA MANGA
50 CONVERSA DE EMPREENDEDOR
117 COMO FAZER
118 GESTÃO
122 LEGISLAÇÃO
126 TECNOLOGIA
132 O MÊS EM REVISTA
146 FAÇA O QUE VOCÊ GOSTA
NOSSAS REPORTAGENS
44 EXTREME MAKEOVER
OPERAÇÃO: REFORMA
Os empreendedores da Quitanda Tomio, Neguinho Descartáveis e Graffias Arquitetura dão início ao processo de reestruturação
54 COMO EU CRESCI
 A RECEITA DO TIO JOÃO
As estratégias da gaúcha Josapar, dona da famosa marca de arroz, para alcançar um faturamento de R$ 909,9 milhões
58 GENEROSIDADE
A STARTUP DOS AUTISTAS
Com a intenção de ajudar o filho, empreendedor alemão cria startup de Tique dá preferência aos portadores da doença
62 ESPECIAL INOVAÇÃO
 7 NEGÓCIOS VISIONÁRIOS
 Eles não querem apenas abrir uma empresa Seu objetivo é criar produtos e serviços inovadores
74 ENSAIO
CRAQUES DOS NEGÓCIOS
Conheça as histórias dos esportistas que viraram empreendedores
88 ENTREVISTA
"AS ESCOLAS SÓ FORMAM SEGUIDORES"
Para empreender, o mais importante é fazer uma boa leitura de si mesmo, diz o professor Louis-Jacques Filion
92 CAPA
 COMO SE PLANEJAR PARA FAZER TUDO O QUE VOCÊ QUER EM 2014
Vender mais, aumentar a produtividade, conquistar um sócio: saiba como se preparar para realizar todas as suas metas no próximo ano
110 OPORTUNIDADES
 18 IDEIAS PARA ABRIR UMA EMPRESA EM CASA
Confira sugestões em áreas como gastronomia, moda e beleza 


Biblioteca

Sumário de revista: Valor Setorial

Confira abaixo o sumário da última edição da Revista Valor Econômico (Novembro, 2013), que já se encontra disponível na Biblioteca para leitura. Escolha a matéria de sua predileção. Aguardamos sua visita!


SUMÁRIO
8 GESTÃO DE CRISE
14 O impacto da voz das ruas na imagem das empresas
18 Quebra-quebra trouxe apenas prejuízo material
Obras exigem ações integradas e complexas
22 COMUNIDADES NA REDE
Virais conquistam público com ações interativas
28 AUDIOVISUAIS
Produções mais elaboradas ganham força
34 IMAGEM NO EXTERIOR
 Estratégia global leva em conta a cor local
42 BRANDING
 Uma busca constante por modernizar as marcas
46 REESTRUTURAÇÃO
 Instrumento para gerenciar mudanças
50 MESA-REDONDA
 O novo gestor da informação
60 PESQUISA
 Competências de um líder
62 MONITORAMENTO
 Mais inteligência no processo de avaliação
68 AGÊNCIAS
 Escritórios internacionais desembarcam no país
70 RELAÇÕES GOVERNAMENTAIS
 Proximidade é importante, mas há limites
74 EMPRESAS PÚBLICAS
 Sociedade exige mais transparência e agilidade
78 EVENTOS
 Copa do mundo é a grande atração
80 CULTURA
 Investimento requer estratégia definida
83 COMUNICAÇÃO INTERNA
 Maior alcance e eficácia com novas mídias
86 PUBLICAÇÕES
 Mídias impressa e digital se complementam
88 CÓDIGO DE CONDUTA
 Uma questão de ética ou disciplina?

Biblioteca


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...